5 de nov de 2012

Sistema de Gestão Ambiental é Essencial!


O Sistema de Gestão Ambiental (SGA) é um modo das empresas avaliarem os possíveis impactos ao meio ambiente, desde a retirada da matéria-prima à transformação e a fabricação de seus produtos. Grande parte das empresas trazem à sociedade “políticas de preservação ao meio ambiente – políticas ambientais” que acabam não saindo do papel como proposto. Atualmente são poucas empresas ou instituições que apresentam o SGA, pois é preciso investir capital para obter grandes resultados em políticas ambientais. Engenheiros; admissão de novos funcionários para execução dos projetos; investimentos em cursos para adequar os trabalhadores à esse novo sistema; são algumas dos “impedimentos” para essas empresas em procurar adequar-se ao SGA. Nos últimos anos, ocorreram grandes impactos ambientais envolvendo empresas de grandes portes, aonde que acabaram com espécies de peixe em rios, como no Rio dos Sinos – RS em 2006, por exemplo. 

A empresa Gerdau, uma das principais fornecedoras de aço no mundo, foi denunciada pelo grupo Greenpence “uma organização global e independente que atua para defender o ambiente e promover a paz, inspirando as pessoas a mudarem atitudes e comportamentos” (fonte: site Greenpence) em 2001, por ter colocado a saúde das pessoas em risco no Rio Grande do Sul, tratando-se de uma denúncia sobre a contaminação de plantas por meio do produto químico “ascarel”, um tipo de POR (Poluente Orgânico Resistente) na cidade de Sapucaia do Sul. Em seguida, a empresa lança uma nota se propondo a reparar qualquer impacto causado ao meio ambiente e se propõe a investigar as causas desse incidente. Atualmente a empresa Gerdau junto ao Instituto Estadual de Florestas do Sistema Estadual de Meio Ambiente de Minas Gerais (Sisema) possuem um Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) com aproximadamente 1.247 hectares, abrigando inclusive animais ameaçados de extinção. Seguindo o SGA, a Gerdau elabora suas atividades industriais de acordo com o ISSO 14001 estabelecendo uma análise bem elaborada de suas atividades industriais.

Sendo assim, é preciso que qualquer empresa que necessite de recursos naturais para seu processo produtivo ou que suas atividades acabem afetando o meio ambiente como na qualidade do ar ou até mesmo canais fluviais, por exemplo, tenha um SGA que possa abranger todo o ciclo de produção até á chegada de seus produtos as casas dos consumidores. Na maioria das campanhas publicitárias, notamos o grande chamamento para o tema “preservação da natureza”. Isso se deve, porque a população irá comprar produtos que não agridem a natureza, influenciados pelas empresas que passam uma imagem de protetoras da natureza e que não executam o prometido (sendo que nem todas as empresas e/ou indústrias se encaixam nesse perfil).
Portanto o SGA é fundamental em uma empresa, pois pode ser entendido pela mesma como um crescimento estrutural quanto econômico e propondo simultaneamente ações de melhoramento e redução de impactos ambientais vindo de suas atividades.
Postado por: Vinicius Silveira dos Santos
Referências:

Um comentário:

  1. Postagem interessante! Parabéns! Apenas cuide a forma como você faz referência aos documentos digitais consultados

    ResponderExcluir