7 de dez de 2010

Agenda 21 cidade de Barcelona


Cidade de Barcelona, Espanha
Barcelona tem sido uma das cidades mais ativas neste movimento e culmina no desenvolvimento da agenda 21.                              

As cinco iniciativas pela biodiversidade de Barcelona
Como parte do Projeto ALB, as cidades ALB participantes implementarão 5 novas iniciativas locais pela biodiversidade. Barcelona já identificou e está trabalhando para colocar em prática os seguintes projetos:
1. Desenvolvimento do corredor verde urbano Ciutadella-Collserola;
2. Proteção do penhasco Montjuïc;
3. Proteção das populações de aves urbanas;
4. Ações de disseminação da biodiversidade;
5. Compromisso internacional de Barcelona com a conservação da biodiversidade.

Planejando o Corredor Verde Urbano
Este projeto conectará espaços naturais da cidade que atualmente estão isolados. Isto será realizado através de uma rede de corredores ecológicos com uma capa contínua de vegetação cruzando áreas urbanas e facilitando desta forma a movimentação da fauna e flora. A cidade de Barcelona identificou como corredor verde mais viável, o que ligaria a colina de Collserola ao Parque Ciutadella. O corredor será estabelecido fazendo uso dos parques existentes, jardins e árvores das ruas. Avenidas largas serão transformadas em ruas mais estreitas, acompanhadas por árvores, para pedestres, com menos veículos privados. Os parques serão então ligados às estas ruas acompanhadas por árvores até que cheguem á Collserola.

Proteção legal ao penhasco Montjuïc
Montejuïc é um penhasco de 173 metros de altura que fica na costa de Barcelona e foi caracterizado como “o pulmão verde da cidade”. A proteção do penhasco Montejuïc é um dos cinco projetos chave. Barcelona está passando pelo processo de estabelecimento de proteção legal ao penhasco, baseada em seu valor ambiental no contexto urbano.

Espécies ameaçadas: proteção das populações de aves urbanas
Estes projetos se preocupam principalmente com a proteção de áreas de reprodução dos pássaros (normalmente edifícios). Espécies como HirundoRustíca, DelichonUrbica e AlpusMelba são extremamente sensíveis à restauração de edifícios antigos, e o público em geral têm sido, às vezes, intolerante com colônias reprodutivas. Um censo que envolveu o público, conduziu à localização de colônias reprodutivas e à promoção da aceitação e conservação destas colônias. Através da instalação de ninhos artificiais, do diálogo com residentes e do auxílio financeiro à proprietários comprometidos, colônias de reprodução têm sido salvas e até aumentado em diversos bairros. Com relação a este projeto, se tem trabalhado ao mesmo tempo com outras espécies como o Falco e a gralha preta.

Disseminação da biodiversidade: Escola Agenda 21
A Escola Agenda 21 envolve diversos centros educacionais da cidade na construção de um mundo mais sustentável. Cada um dos centros envolvidos no projeto deve desenvolver um plano de ação dentro da estrutura dos objetivos estabelecidos na Agenda 21 de Barcelona. Cada escola estabelece um tópico em sustentabilidade com o qual deseje trabalhar. Elas recebem assistência e orientação do time de projeto responsável pelo aconselhamento. Os centros educacionais fornecem material e idéias de estudos, e se comunicam regularmente por meio de boletins eletrônicos. Os 184 centros envolvidos no programa se focam em temas como destinação de verbas à escolas, vida das aves, fazendas e identificação de plantas.

Envolvimento em atividades internacionais
Barcelona sediará o quarto Congresso Mundial da União Internacional pela Conservação da Natureza (IUCN) em 2008, e a municipalidade terá um papel chave como anfitriã do evento.  A cidade de Barcelona é membro do ICLEI e das Eurocities. Barcelona também está comprometida com diversas redes de cidades que trabalham pela proteção do clima como a Campanha Cidades pela Proteção do Clima do ICLEI, Energycities e Klimabundis. A Agenda 21 de Barcelona, vigente de 2002 a 2012, compromete a cidade a se mover em direção ao desenvolvimento sustentável. Uma de suas 10 metas chave é a proteção de espaços abertos, da diversidade biológica, e aumentar as áreas verdes urbanas.
Mais informações acesse http://www.bcn.es/agenda21/A21_AGENDA_CAST.htm
Postado por Jocemar Flores.

Um comentário:

  1. Jocemar,
    a tua postagem está muito boa; o texto está bem distribuído e escrito de forma bastante objetiva, embora eu desconfie que tem coisas aí que não foram escritas por você, especialmente quando vc diz que "Barcelona sediará o quarto Congresso Mundial da União Internacional pela Conservação da Natureza (IUCN) em 2008"; se vc fala de algo que aconteceu a dois anos atrás usando um verbo no futuro, é evidente que vc copiou isso de algum texto escrito antes de 2008! Senti falta de figuras também, especialmente porque vc escolheu uma cidade com uma realidade socioambiental muito diferente da nossa!

    ResponderExcluir