12 de dez de 2012

A construção de espaço urbano visando às questões socioambientais e a cidadania no ensino da geografia:




A construção de espaço urbano visando às questões socioambientais e a cidadania no ensino da geografia:
  
       No espaço urbano aliado às questões socioambientais, na perspectiva da ciência geográfica. O processo de urbanização tem ocasionado significativas mudanças na organização do espaço geográfico, provocando o surgimento e agravamento de sérios problemas de cunho social. Neste caso, o estudo da cidade não deve se abster das análises qualitativas de vida da população e das políticas públicas adotadas pelos municípios, direcionadas ou não, para um melhor ordenamento dos grandes centros urbanos.

     Além disso, cabe ressaltar que os problemas sociais como moradia, educação, saúde e meio ambiente podem se apresentar de diferentes maneiras, considerando o grau de intensidade do exercício de cidadania de seus habitantes como também, o comprometimento da administração municipal. Para abordarmos os problemas socioambientais do espaço urbano, faz-se necessário, sem dúvida,refletir sobre nossa atuação como cidadãos, relacionada ao aspecto político da construção do espaço. O resultado dessa vivência pedagógica demonstrou que, quando tratamos da questão ambiental e concomitantemente, da qualidade de vida urbana, não podemos pensar em conclusões definitivas, visto que as discussões socioambientais se renovam de maneira constante e, dessa forma, a temática permanece em aberto.

    A área de conhecimento supracitada tem um papel fundamental na formação do cidadão, quando por meio dela se analisa e procura conhecer/ explicar o espaço produzido pela sociedade, permeado pelos aspectos sociais, econômicos, culturais e políticos. É imprescindível à Geografia, enquanto conteúdo escolar, se engajar em tais discussões. Afinal, o dinheiro público pode retransformar o espaço urbano e minimizar os agravantes socioambientais.

       O objeto norteador das questões a serem discutidas nas aulas de Geografia é o espaço geográfico, visto tradicionalmente como produto das estruturas econômicas, dos modos de produção e das relações de trabalho entre o ser humano e a natureza. A forma de ocupação do espaço urbano, por exemplo, apresenta características próprias que lhe dão identidade. Ora, a maior parte das atividades econômicas, políticas e culturais está concentrada nas cidades.Por outro lado, essas áreas vivem problemas de ordem social que se agravam cada vez mais na atualidade, principalmente nos grandes centros, tendo em vista as questões socioambientais que afetam a qualidade de vida.
                                   Fonte: http://dalvanice.blogspot.com.br/2011_11_01_archive.html


      Nesta perspectiva, relacionamos os conteúdos curriculares à realidade cotidiana do aluno voltada à construção e ao exercício da cidadania. Dessa forma, o estudo da cidade deve permitir ao educando pensar o espaço geográfico com suas características e problemas, para posicionar-se de maneira crítica e construtiva nas diferentes situações sociais e questionar a realidade por meio dos problemas, no sentido de tentar resolvê-los.  Nesse ínterim, o professor de Geografia deve ser o mediador do processo de formação do aluno. No entanto, percebemos que a formação de professores, muitas vezes, deixa a desejar, quando não lhes permite uma competência crítica-reflexiva, que lhes proporcione condições para pensar de forma autônoma, facilitando a articulação entre a teoria e prática do ensino. Essas questões demonstram que se faz necessário o professor ir além dos conteúdos ensinados.

   Finalmente, temos uma constatação importante e que precisa ser refletida. O educador, que se preocupa com as questões cotidianas do aluno, deve assumir o seu papel de um pesquisador que investiga os problemas que estes enfrentam, bem como as suas causas. Do mesmo modo, puderam compreender que essa questão é um desafio pertinente não apenas aos governantes, mas também aos moradores, por meio do pleno exercício da cidadania. Assim, compreendemos que o raciocínio geográfico pode permitir a relação do ensino de Geografia com o discurso político, o que, certamente, promove uma vivência da cidadania na comunidade.


                                         Cidade e Espaço Urbano - Roberto Lobato Correa.wmv 
                                  Fonte: Youtube/ <iframe width="420" height="315" src="http://www.youtube.com  /embed/YbamdbvGzXQ" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>



Postagem Daniel Hollweg Salamoni
Referências Bibliográficas:









Nenhum comentário:

Postar um comentário